A gravidez e as estrias

Quando se pensa unicamente na estética, um dos grandes problemas enfrentados pelas grávidas é o aparecimento de estrias. E elas têm mesmo motivos para se preocuparem. Calcula-se que as incômodas marcas atingem cerca de 75% das mulheres em período de gestação. Além do normal e esperado estiramento da pele, fatores hormonais contribuem para o surgimento delas.

As estrias são uma resposta ao estiramento cutâneo. O que acontece é que as fibras elásticas e de colágeno que sustentam e que dão resistência a pele se rompem e depois formam uma cicatriz. Além do crescimento rápido da barriga e dos seios (áreas onde normalmente são atingidas pelas cicatrizes), a multiplicação dos hormônios durante a gravidez são outro responsável pelo surgimento das estrias.

Outros fatores que contribuem são: presença prévia de estrias, o histórico familiar, pessoas de cor morena, ganho neonatal superior a três kg, fatores genéticos e fatores hormonais. Durante a gestação, ocorre aumento na produção de estrógeno e cortisona.

Anúncios