Cuidados Essenciais ao Decorar o Quarto do Bebe: Iluminação

Nosso cérebro foi programado para ‘acordar’ ao menor sinal de luz, é assim desde o tempo das cavernas, o sol nos acorda, então mesmo que durmamos com iluminação fraca, o cérebro vai entender que deve estar em sinal de alerta ou seja tanto nós como os bebês vamos dormir, mas não vamos utilizar a máxima capacidade de relaxamento do nosso cérebro, o que resulta em maior cansaço e irritação no dia seguinte.

A dica é utilizar um dimmer (interruptor com regulador de intensidade de luz) para ir diminuindo a iluminação e o ritmo do bebê na hora de mamar e dormir.

Para um melhor soninho durante o dia, o ideal é que se escolha cortinas levinhas que apenas filtram a luz mas não escurecem demais, assim não confundem o cérebro do bebê, nem o permite trocar o dia pela noite (um acontecimento bem comum entre as mamães menos previnidas), além de facilitar a limpeza.