Brincandeira para um dia frio.

Este fim de semana foi muito difícil achar alguma brincadeira que agradasse ao meu filho mais velho.

Foi um dia muito frio e resolvemos ir para o sítio. Para ele quando se diz sítio quer dizer piscina ou brincadeira com agua e com frio não da. Não quero criança doente lá em casa.

Tentamos de tudo…. bola, esconde-esconde, pegador…. mas o que acabou sendo a diversão até dos adultos foi descer o morrinho de grama no papelão. Ele adorou! E nós também porque no fim do dia estava morto de tanto subir o pequeno morro.

Para quem não se importa em “estragar” um pouquinho da grama vale a pena a brincadeira e o que você precisa é só uma caixa velha de papelão. Foi bem legal ver a carrinha dele de felicidade.

Abaixo seguem algumas fotos do dia.

Lavando a roupa de cama do bebê

Cobertores, cobertas, lençóis. Esses itens do enxoval do berço do bebê merecem atenção quando se fala em higiene.

Quando lavar, evite amaciantes – eles  favorecem a ocorrência de reações alérgicas. Assim, lave lençóis, cobertas, capas, enfim, tudo que for utilizado pelo bebê com sabão de coco ou neutro.

Nos cobertores de lã dos meus filhos eu uso uma capa de tecido 100% algodão neles e guardo dentro de capas de plástico o que facilita muito as lavagens e previne alergias.

Para manter as roupas de cama conservadas, lavo à mão e só coloco na máquina de lavar para centrifugar e sempre dentro de uma fronha. Isso evita aquelas famosas “bolinhas”.

Lavando a roupa de cama do bebê

Cobertores, cobertas, lençóis. Esses itens do enxoval do berço do bebê merecem atenção quando se fala em higiene.

Quando lavar, evite amaciantes – eles  favorecem a ocorrência de reações alérgicas. Assim, lave lençóis, cobertas, capas, enfim, tudo que for utilizado pelo bebê com sabão de coco ou neutro.

Nos cobertores de lã dos meus filhos eu uso uma capa de tecido 100% algodão neles e guardo dentro de capas de plástico o que facilita muito as lavagens e previne alergias.

Para manter as roupas de cama conservadas, lavo à mão e só coloco na máquina de lavar para centrifugar e sempre dentro de uma fronha. Isso evita aquelas famosas “bolinhas”.

Deu Positivo, e Agora?

Estávamos tentando engravidar já a alguns meses mas decidimos não comentar nada com ninguém para evitar comentários desnecessários. Já havia pedido ao meu médico um pedido de exame de sangue para no momento da suspeita correr ao laboratório.

Aproximadamente 03 meses de tentativas, acordo pela manhã com muita dor nos seios e como já havia escutado alguns casos logo deduzi que poderia ser a tão desejada gravidez. Fui ao laboratório sem falar nada com ninguém.

Quando abri o resultado, deu POSITIVO. Não sabia se ria ou se chorava. Bateu-me uma alegria enorme, queria gritar para todo mundo ouvir que estava grávida, mas ao mesmo tempo a insegurança veio… Não sei explicar por que era mistura de medo e felicidade!!!

Na mesma hora contei ao meu marido que ficou MEGA feliz!!

Fiquei um pouco apavorada com as coisas que sempre escutava sobre filhos, que nunca mais iria dormir, que amamentar era muito difícil, que bebê dava muito trabalho, que se gastava muita fralda e que estas são caríssimas, que não teria mais privacidade, que bebê não dorme a noite, que arrumar uma boa babá era quase impossível, que era necessário uma enfermeira em casa nos primeiros dias de vida do bebê…. entre outras. Fiquei apavorada!!!!

Porque as pessoas gostam de colocar medo na gente como se tudo fosse impossível?

Com o passar dos dias minha mãe foi me tranquilizando, dizendo que tudo era normal, que filho não é bicho de sete cabeças e que se eu me mantivesse tranquila, tudo daria certo, que o meu bebe também seria tranquilo.

E não é que deu certo? Descobri que realmente as coisas não são fáceis, mas também não são tão difíceis como as pessoas gostam de dizer. Se você está tranquila e de coração aberto para receber ajuda, tudo, mas tudo mesmo tende a dar certo.

Fui assessorada e orientada por profissionais incríveis, contando sempre com a ajuda da minha querida mãe.

Aos pouco vou postando aqui no blog um pouquinho sobre estes profissionais que se tornaram grandes amigos e algumas dicas e orientações vinda deles.

Mamães, nunca se esqueçam: Tranquilidade Sempre!!!!
E claro, procurem seu médico para começar o Pré Natal.

Deu Positivo, e Agora?

Estávamos tentando engravidar já a alguns meses mas decidimos não comentar nada com ninguém para evitar comentários desnecessários. Já havia pedido ao meu médico um pedido de exame de sangue para no momento da suspeita correr ao laboratório.

Aproximadamente 03 meses de tentativas, acordo pela manhã com muita dor nos seios e como já havia escutado alguns casos logo deduzi que poderia ser a tão desejada gravidez. Fui ao laboratório sem falar nada com ninguém.

Quando abri o resultado, deu POSITIVO. Não sabia se ria ou se chorava. Bateu-me uma alegria enorme, queria gritar para todo mundo ouvir que estava grávida, mas ao mesmo tempo a insegurança veio… Não sei explicar por que era mistura de medo e felicidade!!!

Na mesma hora contei ao meu marido que ficou MEGA feliz!!

Fiquei um pouco apavorada com as coisas que sempre escutava sobre filhos, que nunca mais iria dormir, que amamentar era muito difícil, que bebê dava muito trabalho, que se gastava muita fralda e que estas são caríssimas, que não teria mais privacidade, que bebê não dorme a noite, que arrumar uma boa babá era quase impossível, que era necessário uma enfermeira em casa nos primeiros dias de vida do bebê…. entre outras. Fiquei apavorada!!!!

Porque as pessoas gostam de colocar medo na gente como se tudo fosse impossível?

Com o passar dos dias minha mãe foi me tranquilizando, dizendo que tudo era normal, que filho não é bicho de sete cabeças e que se eu me mantivesse tranquila, tudo daria certo, que o meu bebe também seria tranquilo.

E não é que deu certo? Descobri que realmente as coisas não são fáceis, mas também não são tão difíceis como as pessoas gostam de dizer. Se você está tranquila e de coração aberto para receber ajuda, tudo, mas tudo mesmo tende a dar certo.

Fui assessorada e orientada por profissionais incríveis, contando sempre com a ajuda da minha querida mãe.

Aos pouco vou postando aqui no blog um pouquinho sobre estes profissionais que se tornaram grandes amigos e algumas dicas e orientações vinda deles.

Mamães, nunca se esqueçam: Tranquilidade Sempre!!!!
E claro, procurem seu médico para começar o Pré Natal.