Higiene Bucal: Como cuidar da gengiva e dos primeiros dentinhos do seu bebe


Sorrindo, chorando ou tentando dizer as primeiras palavras, o bebê está sempre mostrando os dentes ou a falta deles. Só porque ele ainda é pequeno (ou banguela), não quer dizer que não precisa de cuidados com a boca. Desde o nascimento, é indispensável zelar pela higiene oral do seu filho diariamente.  Assim, você garante que os dentes irão crescer bonitos e saudáveis, e previne dores e cáries no futuro.

Logo que o bebê nasce, a higiene bucal deve entrar na lista de cuidados. Os dentes vão levar alguns meses para aparecer, mas até lá você deve limpar a boca do neném após cada mamada, lanche ou refeição. Umedeça uma fralda ou pedaço de gaze em água filtrada, envolva-a em seu dedo e limpe a gengiva, a língua, os lábios e bochechas. Essa limpeza remove o leite que fica estagnado na boca, dando sensação de bem-estar ao bebê. Além disso, assim ele se acostuma com a higiene bucal.

Lá pelos seis ou sete meses aparecem os primeiros dentinhos. Às vezes eles aparecem mais cedo, por volta do quarto mês, e às vezes mais tarde, por volta de um ano, sem maiores conseqüências. Agitação, mau-humor, salivação aumentada e gengiva inchada e vermelha são alguns dos indicadores de que os dentes estão prestes a sair.

É normal nessa fase o bebê levar as mãozinhas ou outros objetos à boca. A novidade não causa dor, mas incomoda a criança. As mais sensíveis podem apresentar também diarréia e uma pequena febre, de até 37,5°C. Nesses casos, Vânia alerta: É recomendável que os pais consultem o pediatra para verificar se não há outro problema mais sério .

A coceira nas gengivas, causada pela pressão dos dentes que estão nascendo, faz o bebê levar à boca tudo o que encontra pela frente. Para aliviar o desconforto, massageie a gengiva dele com o dedo e ofereça mordedores de borracha, feitos com material atóxico, com a superfície lisa de preferência. E mantenha os mordedores sempre limpos, para evitar que microorganismos inflamem a gengiva.

Se essas medidas não derem resultado, vale a pena consultar um odontopediatra.

A MAM tem uma linha completa de cuidado oral para o bebe a partir do nascimento. Desenvolvidos com dentistas, os produtos MAM de Cuidado Oral ajudam os bebês a se habituarem à higiene oral regular, passo a passo. Formas e cores modernas despertam o interesse do bebê e estimulam a higiene dos dentes.

Limpa a boca e os primeiros dentes do bebê; Massageia gengivas sensíveis; Produzido em material especial, extramacio

 

Alcança e massageia qualquer região que seja necessário; Também é ideal para a limpeza dos primeiros dentes do bebê; Cabo extralongo para pais e bebês segurarem juntos

 

Ele limpa dos primeiros dentinhos durante a mastigação, completando assim os cuidados diários com os dentes; Onde ainda não houver dentes, a massagem suave acalma a gengiva sensível; As escovas macias são especialmente suaves para a gengiva e os primeiros dentinhos do bebê.

 

 

Anúncios

Siplesmente Joaninhas

Vejam como facilmente você pode fazer uma linda festa usando peças que temos em casa.

Must Have: Bike ecológica

Mommys, prestem atenção na nova sensação: Bicicleta sem pedais. Fiquei sabendo que acabou de chegar ao Brasil. Nos EUA e na Europa já é febre a bicicleta Runna, e sabe porque? Super inovadora as Runnas não tem rodinhas laterais, ensinam as crianças a andar de bike com segurança, pois não tem correia e nem pedais.

Acho que seria um ótimo presente para o dia das crianças.

Eu comprei para meus filhos ano passado na Itália e sempre que vamos passear na pracinha a Bike faz o maior sucesso.

Ela é para os pequenos a partir dos 2 anos e feita de material 100% ecológica

Assistam ao vídeo:

Amamentação x Prematuridade

Por enfermeira Mariana Rios

A alimentação de bebes prematuros dois desafios se impõe, manter a produção de leite da mamãe e estabelecer uma amamentação exclusiva. Por serem baixo peso, os prematuros cansam muito rápido, param freqüentemente a sucção para respirar e acabam dormindo na hora das mamadas. Além disto, os prematurinhos choram muito mais com a alimentação no seio do que quando recebem a mamadeira. É importante que  a mamãe familiarize com esta espeficidade, pois o choro muitas vezes é percebido pela família como leite insuficiente e pausas durante a mamada podem ser erroneamente interpretadas, levando uma retirada precoce do peito e ganho ponderal insuficiente, aumentando o risco de desmame.

O que fazer nesta situação:

– Ofereça alguns minutos em cada peito e complemente com mamadeira, copinho, colherzinha, ou sondinha (com o próprio leite ordenhado se possível).

– Como a sucção do prematuro é pouco eficaz, o peito da mamãe fica pouco estimulado e conseqüentemente com pouco leite, por isso, manter a ordenha mecânica se faz necessário após as mamadas do bebe.