Vai para a Europa nessas férias? Atenção ao surto de sarampo

Para garantir a saúde de toda a família, o Ministério da Saúde recomenda que crianças e adultos sejam imunizados antes de embarcar, além de tomar cuidado com os alimentos consumidos.

Malas prontas e passaporte em dia para as férias? Se a viagem for para a Europa, é melhor atualizar a caderneta de vacinação e tomar algumas medidas para garantir que nenhum imprevisto estrague o passeio.

Além da bactéria E.coli, que provoca forte diarréia, dores abdominais, vômito e febre, o continente enfrenta uma epidemia de sarampo. Por isso, brasileiros que pretendem viajar para o exterior precisam se vacinar.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, ao todo, 33 países registraram casos da doença, a grande maioria na França. Diante desse quadro, o Ministério da Saúde reforçou que os brasileiros que pretendem viajar devem estar vacinados contra o sarampo. A orientação vale também se o destino for Estados Unidos, devido à grande circulação de turistas europeus nessas áreas.

Aqui no Brasil, os postos de saúde oferecem gratuitamente a vacina tríplice – contra sarampo, caxumba e rubéola – para pessoas de até 39 anos. Isto porque, acredita-se, acima desta faixa etária é pouco provável que o indivíduo jamais tenha contraído sarampo. “Na rede privada, no entanto, todos podem tomar a vacina, sem exceção”, alerta o epidemiologista Edmilson Migowski, diretor do Instituto de Pediatria da UFRJ, no Rio de Janeiro. Se o seu filho já tomou as duas doses (a primeira aos 12 meses e a segunda aos 5 anos), ele está protegido. Se tomou apenas a primeira dose, leve-o para aplicar a segunda. No caso dos adultos, se você não foi imunizado com a vacina ou não contraiu a doença – o que nem sempre é fácil de lembrar – melhor se vacinar também.

O ideal é se proteger até 15 dias antes de embarcar. Dessa forma, se você apresentar efeitos colaterais com a dose, dá tempo de se cuidar antes da viagem. “Quem já perdeu esse prazo, vale garantir a imunidade mesmo assim porque, diferente de outras, a tríplice tem efeito considerado imediato”, diz Edmilson.

Fonte: Revista Crescer
Anúncios

Comments

  1. Maria Ludmilla says:

    Leticia já tomamos a vacina!!!!!! :)))) Bjs Lud

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: