>Esportiva

>Zach estreou arrebentando no torneio de futebol para crianças de sua idade no seu colégio (EUA). Ele, fez três gols e comemorou. O problema é que, no terceiro gol, uma criança do time adversário se irritou com a habilidade  de  Zach e tentou atingi-lo com um chute. Sem sucesso, o menino caiu.

A atitude serve de alerta para todos os pais. Afinal, derrota faz parte do jogo…

Lidar com perdas e ganhos é essencial para o crescimento das crianças. Aprender a perder não é diferente de saber dividir coisas com o irmão, deixar a mamadeira, aprender a aceitar a atenção que a mãe dá para os outros.

Enfrentar a frustração é uma oportunidade de encontrar outros recursos e possibilidades de satisfação. Sem limites, a criança não aprende a tolerar a frustração.Além disso, a família não pode encarar a derrota como algo negativo.

Querer vencer é algo positivo, funciona como desafio para melhorar sempre, seja nos esportes ou na vida escolar. Mas competição saudável é aquela em que o resultado não é encarado como uma obrigação.

Em competições, a criança e o adolescente devem demonstrar interesse e ter espírito competitivo. Inseri-los em um grupo que compete em esportes, por exemplo, pode ser a oportunidade para ampliar amizades e propiciar o contato com pessoas de todas as classes, além de ser um exercício que ensina a ganhar e perder.

Devemos ensinar nossoa filhos a ter dignididade que existe no perder. A sabedoria que mora no não saber. A felicidade que é dividir. A delícia que é somar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: